SLIDER


SARA GONÇALVES . PORTUGAL

[ stylist // consultora de imagem ]

NEWSLETTER

7 passos [simples] para a organização do guarda-roupa!

[ Imagem retirada do google ]

Um dos serviços que presto, enquanto Consultora de Imagem, consiste na Análise e Organização do Guarda-roupa, fornecendo conselhos e indicações profissionais ao cliente para a melhor organização do seu guarda-roupa simultaneamente com a análise e seleção das roupas que são adequadas ao coordenado desejado. 

O propósito da Análise e Organização do Guarda-Roupa consiste em ajudar o cliente a libertar-se, no final do processo, de todas as peças de roupa que não foram consideradas eficazes para a valorização da sua imagem sem afastá-lo, nunca, do que é o seu estilo pessoal.  

Acredita, um armário organizado pode mesmo resultar numa nova maneira de ver a vida! Por isso e de forma simples deixo por aqui 7 passos [simples] para a organização do guarda-roupa. 

1. Começa por retirar todas as peças do armário e analisar uma a uma o que pretendes fazer com elas. Uma boa dica é dividir as peças por categorias: as que vais manter, as que vais guardar, e aqui incluem-se as peças que já não usas mas que têm valor efetivo e por esse motivo não consegues para já desapegar, e as peças que vais doar ou simplesmente deitar fora.

2. Antes de colocar as peças que irão, novamente, para o armário, experimenta, combina e anota todas as conjugações felizes. Não só te vai ajudar a recordar um coordenado num momento mais atribulado que não saibas o que vestir como te garante a certeza de as queres mesmo manter.

3. Determinar o espaço para a cada tipo de peça facilita o processo de vestir pela manhã assim como o de manter a organização. As peças mais utilizadas deverão ficar nos locais mais acessíveis, em oposição às peças menos utilizadas que deverão ficar no local mais alto, no entanto, salvaguarda que toda a roupa da estação deverá ficar à vista, para que não fique esquecida.

4. Agrupar as peças no varão por categoria: casacos, camisas, calças, saias, vestidos, etc., uma peça por cabide, e dispostas por cor, da mais clara à mais escura, é uma excelente forma de facilitar a seleção e conjugação de coordenados, assim como também de ter maior percepção das peças que tens. 

5. Se tiveres possibilidade investe no mesmo tipo de cabides, a uniformização faz a organização. Mas toma apenas atenção que existem peças que pedem cabides específicos.

6. Abusa nos organizadores de guarda-roupa, caixas de tecido e cestos de vime, principalmente se depois de organizares o armário ainda existirem peças de roupa para guardar e pouco espaço de armazenamento. 

7. Por último os acessórios, como carteiras, cintos, brincos, colares, etc. devem ser igualmente organizados por cores e num local acessível de forma, tal como acontece com as peças de roupa, a melhor visualizá-los. 

Como sugestão extra, se tiveres disponibilidade de trocar a exposição das peças de roupas por estação do ano opta por caixas transparentes, de plástico e com pequenos orifícios para a circulação do ar, para guardar roupa e calçado sazonal. Esta opção não permite que as peças de roupa que não são da estação causem ruído na hora de escolha do coordenado assim como não ocupa espaço desnecessário no armário.

Experimenta e se tiveres dúvidas sobre como editar e organizar o seu armário entra em contacto.


Segue as redes sociais:

*Artigo da minha autoria, enquanto Consultora de Imagem, para o jornal Diário de Aveiro, na data de 5 de abril de 2018.

No comments

Post a Comment

© PAGINA AO LADO • Theme by Maira G.